Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas

Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas está a recrutar

A Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) – criada, em 2012, na dependência da Presidência de Conselho de Ministros/Secretário de Estado da Cultura – é um serviço central da administração direta do Estado, dotado de autonomia administrativa, que tem por missão assegurar a coordenação do sistema nacional de arquivos e a execução de uma política integrada do livro não escolar, das bibliotecas e da leitura. Resulta da fusão entre dois organismos: a DGLB – Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas e a DGARQ – Direção-Geral de Arquivos.

A Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas foi criada pelo Decreto-Lei nº 92/2007, de 29 de Março, com vista a assegurar a coordenação e a execução da política integrada do livro não escolar, das bibliotecas e da leitura. Resulta da sucessão de vários organismos: o IPL, instituído em 1980, cujas atribuições começaram por se circunscrever às políticas de apoio à edição, de implantação do livro nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e de promoção do autor no estrangeiro. Mais tarde, incluiu-se também a promoção da leitura, pelo que em 1987, ano do lançamento do Programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, o IPL foi substituído pelo Instituto Português do Livro e da Leitura (IPLL).

A opção por uma política vertical em cada um dos sectores da cultura conduziu à fusão do Instituto Português do Livro e da Leitura com a Biblioteca Nacional, em 1992, criando-se o Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro. A separação novamente dos dois organismos fez nascer, em 1997, o Instituto Português do Livro e das Bibliotecas (IPLB), a que se sucedeu a já referida Direção Geral do Livro e das Bibliotecas, que integrava também a Biblioteca Pública de Évora.

Oferta – Procedimento concursal comum para preenchimento de 1 (um) posto de trabalho da carreira geral de técnico superior do mapa de pessoal da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, para exercer funções no Arquivo Distrital de Setúbal

Funções

  • Estabelecer e aplicar critérios de gestão de documentos;
  • Avaliar e organizar a documentação de fundos públicos e privados com interesse administrativo, probatório e cultural;
  • Proceder à avaliação de massas documentais, tendo em vista a seleção e eliminação;
  • Orientar e elaborar instrumentos de descrição da documentação;
  • Apoiar o utilizador orientando-o na pesquisa de registos e documentos;
  • Promover ações de divulgação da documentação custodiada e dos serviços prestados;
  • Executar ou dirigir os trabalhos de descrição arquivística, nos termos das Orientações para a descrição Arquivística (ODA), ou outras orientações em vigor, e na plataforma eletrónica existente;
  • Implementar critérios de conservação preventiva dos documentos e monitorizar o seu estado de conservação;
  • Implementar as metodologias definidas nos termos da política de aquisições em vigor na DGLAB;
  • Controlar os processos de incorporação de documentação nos termos da legislação em vigor e instruções internas;
  • Prestar serviços de consultoria e apoio técnico na área de arquivo.

Mais informações e candidaturas [AQUI]

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre E2

O E2 Emprego e Estágios é um dos maiores portais de emprego em Portugal. Agrupamos e partilhamos as várias ofertas de emprego e estágios disponibilizadas por várias empresas em Portugal e no estrangeiro nas mais diversas áreas.

Veja também

CHEP

CHEP tem novas vagas de emprego em várias áreas em Portugal

A CHEP é uma empresa australiana que pertence ao Grupo Brambles, que desenvolveu o sistema ...