Empresas de comunicação têm vagas de emprego

Uma área de trabalho em plena transformação mas onde as oportunidades, aparentemente escassas, são desafiantes. Jornais, revistas, televisões e cada vez mais, publicações online, empregam não só jornalistas, repórteres e pessoas ligadas à comunicação, mas também outros profissionais comuns a qualquer empresa. Se sempre pensou em juntar-se um meio de comunicação social, estes são alguns exemplos de títulos que andam hoje à procura de novos empregados.

1. Mashable
A Mashable precisa de um repórter para a área de empresas em Nova Iorque, um repórter digital em Hong Kong, um jornalista que faça noites em São Francisco, e um editor de Internacional. Para além destes anúncios há também lugares na equipa comercial e lugares para estagiários na redação em Nova Iorque (os estágios na Mashable são pagos). Para ver todas as condições de acesso a estas vagas e às que virão, consulte esta lista.

2. BBC
Entre os anúncios ativos na página de recrutamento da BBC estão pedidos de jornalistas para a Radio Wales News, produtores de conteúdos para o site da BBC Radio1 , maquilhadores para vários programas, assistentes de produção para um programa de comédia, etc. A diversidade é grande e sempre para posições no Reino Unido. Para saber se alguma das vagas se adequa ao seu perfil siga esta página.

3. CNN
Das 267 vagas disponíveis no site de recrutamento da Turner Broadcasting System, detentora da CNN, só cerca de 30 são para postos editorais, ou seja, para jornalistas que dominem o inglês, que ocupariam vagas em Hong Kong, Nova Iorque, Washington e outras cidades norte americanas. O resto respeita a posições de administração ou comerciais, que põem esta grande rede a funcionar todos os dias. Se pondera juntar-se à equipa, consulte as vagas e condições de acesso nesta página.

4. La Nácion:
De momento, o mais conhecido dos títulos argentinos tem apenas um anúncio na sua página de recrutamento. Precisa-se de um analista de campanhas online para juntar-se à equipa em Buenos Aires. Detalhes sobre a formação necessária e as condições de contrato podem ser consultadas aqui.

5. Huffington Post: 17
O Huffington Post, fundado como “o” jornal de referência online, tem 17 anúncios de emprego, para jornalistas, editores, designers e gestores de comunidade. Em geral, são pedidas pessoas já com alguma experiência em trabalho online. À parte, estão também disponíveis ofertas de estágio. Para consultar todas as vagas disponíveis, siga esta página.

6. The Economist:
Se é formado nas áreas de ciências políticas e económicas, pode começar a estar atento ao site do grupo The Economist que detém várias publicações dentro da área e que abre processos de recrutamento com frequência. Para além do programa para recém-formados e dos estágios que acontecem várias vezes por ano, para jornalistas, há mais oportunidades dentro da empresa. Para ver os 16 lugares que estão hoje disponíveis na Ásia, América e Europa, siga este link.

7. Good:
A Good é uma plataforma online com uma revista quadrimestral, que cobre temas de lifestyle, design, cultura e filantropia, com escritórios em Nova Iorque e Los Angeles . Na página de recrutamento usam a ironia, com o subtítulo: “It’s a recession miracle! We’re hiring!”. Não é um milagre, eles precisam de um  front-end web developer e de um account executive. Para responder ver detalhes e responder à chamada, basta seguir este link.

8. Rede Globo:
A rede Globo tem um site dedicado exclusivamente a recrutamento. O banco de talentos, assim se chama, aceita o registo de currículos todo o ano, gere um programa para recém-licenciados e, pontualmente, coloca ofertas de emprego para vagas específicas. Agora mesmo estão disponíveis duas ofertas, nas áreas de recursos humanos e técnica, que podem ser vistas aqui.

9. Der Spiegel:
Entre a vagas atualmente disponíveis no título alemão Der Spiegel estão um lugar para um jornalista de ciência, um para repórter vídeo para a publicação online e várias oportunidades para estagiários nas diferentes plataformas do título, revista, online e televisão. O domínio do alemão é imprescindível já que as ofertas só são publicadas nesta língua. Para verificar aqui.

10. Condé Nast:
A Condé Nast, detentora de títulos como a Vanity Fair, The New Yorker e Vogue, tem várias ofertas de emprego publicadas atualmente no site. Para procurar um lugar à sua medida, utilize este motor de busca.

Fonte: Dinheiro Vivo

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre Equipa E2

Veja também

uber

Uber abriu novas vagas de emprego em Portugal

A Uber é uma plataforma de tecnologia que liga pessoas. Pessoas que se querem deslocar ...

error: