SCML

Santa Casa da Misericórdia de Lisboa está a recrutar Especialista de Serviço Social

Fundada em 1498, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) procura a realização da melhoria do bem-estar da pessoa no seu todo, prioritariamente dos mais desprotegidos.

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa é mais conhecida pela sua Ação Social e por assegurar a exploração dos Jogos Sociais do Estado em Portugal, mas desenvolve também um importante trabalho nas áreas da Saúde, Educação e Ensino, Cultura e Promoção da Qualidade de Vida.

Intervém ainda no apoio e realização de atividades para a Inovação, Qualidade e Segurança na prestação de serviços, e na promoção de iniciativas no âmbito da Economia Social. Pode, a pedido do Estado ou de outras entidades públicas, desenvolver atividades de serviço ou interesse público.

A tutela da SCML é exercida pelo membro do Governo que superintende a área da Segurança Social.

Oferta – Ref.ª 377/RS/DIRH/2021 – Especialista de Serviço Social para Casa de Acolhimento Residencial – Técnico Superior – Carcavelos, Lisboa

Perfil Pretendido

  • Habilitações académicas ao nível de Licenciatura e/ou Mestrado em Serviço Social (Licenciatura pré-Bolonha ou Licenciatura e Mestrado integrado pós Bolonha; (fator eliminatório);
  • Conhecimentos sobre a Lei de Promoção e Proteção de Crianças e Jovens em Perigo (Lei 147/99 de 1 de setembro e respetivas alterações); (fator eliminatório);
  • Conhecimentos sobre princípios de intervenção do Acolhimento Residencial – preferencialmente, com intencionalidade terapêutica; (fator eliminatório)
  • Experiência profissional relevante (superior a 2 anos) em trabalho com crianças e/ou jovens no âmbito do risco e do perigo;
  • Conhecimento sobre o desenvolvimento da criança e/ou do jovem e conhecimentos sobre o ciclo de vida e dinâmicas familiares;
  • Disponibilidade para trabalhar alguns sábados por mês e em horário pós-laboral;
  • Disponibilidade para trabalhar em regime de horário desfasado ou flexível;
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador (e.g., Windows, Excel, e PowerPoint);
  • Conhecimentos especializados e experiência – Conjunto de saberes, informação técnica e experiência profissional essenciais ao adequado desempenho das funções;
  • Domínio das técnicas de entrevista a famílias e crianças e de realização de visitas domiciliárias.

Apresentar competências comportamentais específicas que possibilitem

  • Demonstrar tolerância à pressão para lidar com situações de pressão e com contrariedades de forma adequada e profissional;
  • Evidenciar capacidade para estabelecer relacionamento interpessoal;
  • Demonstrar empatia, assumindo uma atitude empática, facilitadora da ação preconizada no modelo de acolhimento residencial com intencionalidade terapêutica;
  • Demonstrar capacidade de aprendizagem continua;
  • Evidenciar capacidade de trabalho em equipa;
  • Evidenciar capacidade de resiliência;
  • Demonstrar capacidade de autonomia e iniciativa.

Principais responsabilidades

  • Elaborar o diagnóstico dinâmico da realidade familiar e da realidade psíquica da criança/jovem em contexto residencial;
  • Definir, acompanhar e avaliar/reavaliar diagnósticos dinâmicos e consequentes Planos de Intervenção Individual (PII) e/ou familiares (PIF), adequando estratégias às necessidades especificas das crianças e jovens, com vista à definição e execução do Projeto de Vida;
  • Promover o desenvolvimento de capacidades e competências sociais em sintonia com os princípios éticos e deontológicos;
  • Assumir uma avaliação técnica consistente do perfil de cada criança / jovem e dinâmica da família de origem, orientando a ação para a sua capacitação e inserção social plena;
  • Estabelecer uma relação interpessoal facilitadora com a equipa, com as crianças/jovens e famílias, potenciadora de um ambiente reparador e transformador, bem como, enquadrada num modelo de intervenção com intencionalidade terapêutica;
  • Elaborar Relatórios/Informações sociais para Tribunais, Ministério Público, Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e outras entidades;
  • Articular com as entidades/serviços internos e externos (escolas, serviços de saúde, ação social, etc.);
  • Diagnosticar, encaminhar e acompanhar adequadamente as crianças/jovens para os recursos da comunidade, consoante as necessidades identificadas;
  • Assumir um posicionamento alicerçado no saber técnico, capacidade relacional empática e responsiva numa perspetiva alinhada com a Equipa e Intervenção definida;
  • Participar na definição de atividades pedagógicas, lúdicas e culturais, alinhadas com a intervenção preconizada.

Candidaturas

Os candidatos que reúnam o perfil requerido devem enviar o CV para o email recrutamento@scml.pt (preferencialmente) ou através de correio, indicando no Assunto a Referência: Ref.ª 377/RS/DIRH/2021 até 19/11/2021

As candidaturas devem ser acompanhadas dos seguintes documentos:

  • Certificado de habilitações literárias (reconhecido em Portugal);
  • Certificados de Cursos de Formação;
  • Comprovativo de inscrição no Centro de Emprego (caso se encontre desempregado);
  • Declaração de consentimento.

Mais informações [AQUI]

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre E2

O E2 Emprego e Estágios é um dos maiores portais de emprego em Portugal. Agrupamos e partilhamos as várias ofertas de emprego e estágios disponibilizadas por várias empresas em Portugal e no estrangeiro nas mais diversas áreas.

Veja também

Banco Finantia

Banco Finantia está a recrutar para o Departamento de Informação Financeira

O Banco Finantia é um banco global independente, com vários anos de experiência, especializado em ...