10 ideias para arranjar emprego depois dos 40 anos

É um facto que a taxa de desemprego não pára de aumentar e que as medidas de austeridade e os juros altos da dívida pública estão a fazer a contrair a economia portuguesa. No entanto, não desanime, muito menos entre em pânico, se está actualmente no desemprego.

1. Recicle os seus conhecimentos e adquira novas competências. É importante que esteja familiarizado com as novas tecnologias e as aplicações informáticas mais utilizadas. Existem acções de formação que são gratuitas. Informe-se no centro de emprego ou na junta de freguesia da sua zona;

2. Procure emprego o mais rápido possível, mesmo que tenha direito a receber o subsídio de desemprego por mais do que um ano, lembre-se que quanto mais afastado estiver do mercado de trabalho, mais difícil será regressar;

3. Procure empresas que tenham preferência por pessoas com mais idade;

4. Utilize o potencial das redes sociais para informar os seus amigos ou antigos colegas de trabalho de que está à procura de emprego. Envie o seu curriculum vitae aos que se mostrarem disponíveis para ajudar. Assim poderá entrar em contacto com potenciais empregadores e alargar a sua rede de contactos;

5. Se está há procura de trabalho remunerado há muito tempo e não encontra nada, procure uma instituição de caridade ou alguma associação sem fins lucrativos e ofereça-se para fazer voluntariado. Aí poderá alargar o seu tecido social e fazer conhecimentos que mais tarde poderão ajudá-lo a conseguir uma oportunidade de trabalho;

6. Pense em criar o seu próprio negócio, ainda mais agora que o Governo decretou o fim da obrigatoriedade do capital social mínimo;

7. Considere opções flexíveis. Agora que já tem mais idade e potencialmente os seus filhos já não dependem tanto de si, candidate-se a ofertas de emprego com horários que à partida outras pessoas com filhos pequenos não escolheriam;

8. Esteja aberto a novas possibilidades, nomeadamente outras áreas de trabalho. Pense nas suas qualidades, competências e potencialidades e candidate-se a ofertas de várias categorias profissionais;

9. Faça desporto, mantenha-se dinâmico, com boa aparência, jovial e confiante. A apresentação nas entrevistas é um factor chave para ser bem sucedido, pois a primeira impressão conta muito. Provavelmente irá ser entrevistado por alguém mais novo do que si, mas não se deixe intimidar pela situação;

10. Não permita que ninguém o inferiorize pela idade que tem ou subestime o seu valor. Use essa característica como um ponto a seu favor, transformando idade em experiência e mais-valia.

Descubra as diferenças

A BBC News enumerou um conjunto de características generalistas atribuídas aos trabalhadores jovens e de meia idade e faz um paralelo:

Qualidades estereotipadas atribuídas aos empregados jovens:

  • Fisicamente mais aptos e saudáveis;
  • Mais fáceis de supervisionar e coordenar;
  • Expectativas de salário mais baixas;
  • Mais familiarizados com as novas tecnologias;
  • Criativos.

Qualidades estereotipadas atribuídas aos empregados com mais idade:

  • Experientes;
  • Fiáveis;
  • Estáveis;
  • Com sólidos conhecimentos práticos;
  • Maduros.

Aproveite esta lista e em vez de evidenciar as qualidades típicas da sua idade, afirme ser uma pessoa dinâmica, enérgica, desportista, à vontade com as tecnologias da informação e flexível.

Fonte: CGD

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre Equipa E2

Veja também

resolucoes novo ano

As 10 resoluções mais comuns na entrada de um novo ano

Eis-nos naquele momento formato “campanha eleitoral”. Do alto do nosso imaginário palanque, com um copo ...

error: