carta de apresentação

Como descrever a sua personalidade numa entrevista de emprego

Competências à parte, a sua atitude e perspectiva sobre o trabalho e a vida são de grande interesse para a contratação. Saber como descrever a sua personalidade é um dos factores mais importantes quando se trata de causar uma grande primeira impressão durante uma entrevista de emprego. O seu carácter e comportamento são fortes indicadores de como se vai relacionar com o resto da empresa, por isso não deve ser surpresa quando lhe pedem para descrever a sua personalidade logo de início durante uma entrevista de emprego.

Parece suficientemente fácil – afinal, se há um assunto em que é especialista, é você – mas é muito comum tropeçar quando se tem de colocar em palavras aquilo que se é como ser humano.

Segundo a Deloitte, existem quatro tipos de personalidades do local de trabalho: pioneiro, condutor, integrador, e guardião – e cada estilo tem os seus próprios atributos positivos e negativos.

Estudar o anúncio de emprego

Para além de delinear as competências necessárias para o cargo, as descrições de funções tipicamente listam os atributos ou traços de personalidade que os empregadores estão à procura nos candidatos. Assim, a sua melhor abordagem é seleccionar três competências transversais essenciais e partilhar pequenas histórias que ilustrem como estas características lhe têm servido bem em empregos passados.

Por exemplo, para mostrar que toma a iniciativa, pode dizer: “Sou um gestor, mas também sou uma pessoa de coração. No meu último emprego, assumi um departamento que teve uma elevada rotatividade. Consegui melhorar a retenção, oferecendo horários de trabalho flexíveis, proporcionando um ambiente de trabalho confortável, e elogiando os empregados pelas suas realizações”.

Feedback e recomendações

Dizer que é um líder é uma coisa – validá-lo, citando o feedback ou uma recomendação de um antigo chefe ou colega de trabalho, é convincente. Assim, partilhe a opinião de outra pessoa sobre si como uma forma de se elogiar.

Uma forma de interpretar esta pergunta da entrevista é responder como se lhe estivessem a perguntar: “Como é que os seus colegas descreveriam a sua personalidade”? Por exemplo: “O meu chefe diz-me constantemente que sou um jogador de equipa. Quando ficámos para trás num grande projecto no ano passado, ofereci-me para ficar até tarde e ajudei a cumprir o prazo de entrega”.

Escolha as palavras-chave certas

De acordo com a Society for Human Resource Management, os empregadores preocupam-se por vezes mais com as competências transversais do que com as capacidades técnicas. Tecer algumas destas competências na sua resposta pode torná-lo um candidato mais atractivo. Algumas das competências transversais que os empregadores normalmente procuram incluem:

  • Integridade
  • Fiabilidade
  • Adaptabilidade
  • Profissionalismo
  • Trabalho de equipa
  • Respeito
  • Honestidade

Ao responder a qualquer pergunta de entrevista de emprego, é preciso ser autêntico e honesto com o recrutador. Mencione as qualidades que considera que melhor o representam e das quais se sente mais orgulhoso.

“Descreva a sua personalidade”: Exemplos de respostas

Embora a sua resposta dependa da posição a que se candidata e, claro, da sua personalidade individual, aqui estão alguns exemplos de boas respostas.

Boas respostas

  • Para um trabalho de analista financeiro: “Um ponto central da minha personalidade é a minha mente analítica”. No meu último trabalho, apliquei isso a uma série de tarefas…”;
  • Para um trabalho de serviço ao cliente: “Sou um solucionador de problemas por natureza. O meu objectivo imediato quando falo com um cliente é conseguir resolver o seu problema o mais rápida e eficientemente possível”;
  • Para um trabalho de assistente administrativo: “Tenho sido sempre uma pessoa extremamente organizada. Isso serviu-me bem no meu último emprego, onde a minha atenção aos detalhes ajudou a poupar dinheiro à empresa”;
  • Para um trabalho de analista de dados: “Sou excelente na interpretação de dados e na sua transformação em informação útil”.

Entretanto, eis o que não se deve dizer

Respostas más

  • “Sou um trabalhador que se esforça”. Diga ao recrutador algo que é único em si – não algo que ela já tenha ouvido vezes sem conta;
  • “Faço amigos muito facilmente e sou muito boa a influenciar os outros em situações sociais”. Esta resposta é mais centrada em si. Mantenha o foco em como a sua personalidade beneficiaria o empregador;
  • “Sou perfeccionista”. O perfeccionismo pode levar a questões de gestão do tempo, o que constitui uma grande preocupação para os empregadores;
  • “Sou pontual”. Em vez de dizer que pode satisfazer os requisitos básicos do trabalho (por exemplo, chegar ao trabalho a horas todos os dias), partilhe um traço de personalidade que o tornaria significativamente mais valioso.

Saber descrever sua personalidade é o primeiro passo para provar que vai encaixar bem numa empresa.

Empregos e estágios perto de si [Ver ofertas]

Veja também

Aluguer de veículos para empresas e trabalhadores independentes, uma opção popular

A mudança de paradigma no mercado automóvel levou à popularização de alternativas à compra de …