Este site utiliza cookies. Ao navegar está a consentir a sua utilização. Fechar
Exército
Imagem/Foto

Exército abriu 95 postos de trabalho para Assistentes Operacionais

O Exército tem por missão principal participar, de forma integrada, na defesa militar da República, nos termos do disposto na Constituição e na lei, sendo fundamentalmente vocacionado para a geração, preparação e sustentação de forças da componente operacional do sistema de forças.

Um Exército credível, moderno, atrativo, de elevada prontidão e competência.

Um Exército pronto para a defesa militar da República e contribuinte ativo para a segurança cooperativa, para a proteção e bem-estar das populações e para a salvaguarda do património nacional.

Oferta – Assistentes Operacionais (95 vagas) – Várias zonas do país

Procedimento concursal comum para constituição de vínculo de emprego público, na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado para preenchimento de 95 (noventa e cinco) postos de trabalho correspondentes à carreira e categoria de assistente operacional, na área funcional de alimentação, previstos no mapa de pessoal civil do Exército.

Locais de Trabalho

  • Academia Militar (Destacamento da Amadora), Avenida Conde Castro Guimarães, 2720-113, Amadora – 3 (três) postos de trabalho;
  • Campo Militar de Santa Margarida, Santa Margarida, 2250, Constância – 24 (vinte e quatro) postos de trabalho;
  • Centro de Tropas de Operações Especiais, Quartel de Santa Cruz, 5100-135, Lamego – 5 (cinco) postos de trabalho;
  • Colégio Militar, Largo da Luz, 1600-498, Lisboa – 2 (dois) postos de trabalho;
  • Escola de Sargentos do Exército, Rua General Amílcar Mota, 2504-917, Caldas da Rainha – 3 (três) postos de trabalho;
  • Instituto Pupilos do Exército, Estrada de Benfica, 1549-016, Lisboa – 4 (quatro) postos de trabalho;
  • Regimento de Apoio Militar de Emergência, Avenida Aljubarrota, 2200-001, Abrantes – 2 (dois) postos de trabalho;
  • Regimento de Artilharia Antiaérea n.º 1, Largo do Palácio de Queluz, 2745-191, Queluz – 1 (um) posto de trabalho;
  • Regimento de Artilharia n.º 4, Rua D. José Alves Correia da Silva – Cruz da Areia, 2410-120, Leiria – 1 (um) posto de trabalho.
  • Regimento de Cavalaria n.º 3, Largo General Graça, 7100-112, Estremoz – 1 (um) posto de trabalho;
  • Regimento de Cavalaria n.º 6, Rua Infantaria 8, 4710-273, Braga – 8 (oito) postos de trabalho;
  • Regimento de Comandos, Serra da Carregueira, 2605-046, Belas – 8 (oito) postos de trabalho;
  • Regimento de Engenharia n.º 3, Rua da Lagoa, Paramos, 4500-524, Espinho – 1 (um) postos de trabalho;
  • Regimento de Infantaria n.º 10, Avenida da Marginal, 3810-901 Aveiro – 6 (seis) posto de trabalho;
  • Regimento de Infantaria n.º 13, Praça 25 de Abril, 5000-424, Vila Real – 5 (cinco) postos de trabalho;
  • Regimento de Infantaria n.º 14, Av. Regimento Infantaria 14, 3510-104 Viseu – 6 (seis) posto de trabalho;
  • Regimento de Infantaria n.º 15, Estrada de Coimbra, 2300-471, Tomar – 7 (sete) posto de trabalho;
  • Quartel General da Brigada de Reação Rápida (C3 Tancos), Área Militar de Tancos, 2260-209, Praia do Ribatejo – 5 (cinco) postos de trabalho;
  • Regimento de Transportes, Avenida Dr. Alfredo Bensaúde, 1849-010, Lisboa – 2 (dois) posto de trabalho;
  • Unidade de Apoio do Comando da Logística (C3 Amadora), Rua Gonçalves Ramos, 2700-436, Amadora – 1 (um) posto de trabalho.

Caracterização dos postos de trabalho

  • Consultar ementas e requisições de alimentação;
  • Aplicar normas e procedimentos de higiene no manuseamento dos alimentos;
  • Aplicar normas de conservação no armazenamento de alimentos;
  • Proceder à limpeza e desinfeção de alimentos, utensílios, equipamentos e instalações;
  • Executar procedimentos do sistema preventivo alimentar;
  • Aplicar os princípios de análise de perigos e controlo dos pontos críticos no processo produtivo dos alimentos;
  • Realizar a manutenção dos processos associados ao sistema HACCP;
  • Integrar-se na organização e funcionamento da cozinha;
  • Selecionar os equipamentos e utensílios de cozinha;
  • Efetuar o aprovisionamento dos produtos alimentares;
  • Executar os procedimentos inerentes à produção na cozinha;
  • Confecionar sopas, cremes e aveludados; confecionar fundos e molhos;
  • Confecionar sobremesas;
  • Confecionar pratos de peixes e marisco;
  • Confecionar pratos de carne e aplicar os princípios fundamentais da dietética.

Nível habilitacional

  • Escolaridade obrigatória.

Aviso BEP [AQUI]

Formulário de candidatura [AQUI]

Mais informações [AQUI]

Empregos e estágios perto de si

Veja também

REN

REN está a recrutar Técnico Superior de Liquidação

A REN – Redes Energéticas Nacionais é a empresa que, em Portugal, gere as principais …