Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social

Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social abriu novas vagas de emprego

O Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, IP (IGFSS), sob tutela do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, é um instituto público integrado na administração indireta do Estado, com autonomia administrativa e financeira, personalidade jurídica e património próprio.

O Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social tem por missão a gestão financeira unificada dos recursos económicos consignados no Orçamento da Segurança Social. Com um posicionamento estratégico, de caráter transversal no sistema de Segurança Social, o IGFSS presta serviços em áreas de negócio distintas, (i) orçamento e conta da Segurança Social, (ii) gestão da dívida, (iii) património imobiliário e (iv) gestão financeira, sendo cada uma destas áreas responsável por:

  • Recuperar a dívida à Segurança Social através da cobrança coerciva, gerindo os respetivos processos de execução de dívidas, bem como mediante outros instrumentos extraordinários de regularização, contribuindo, ainda, para a viabilização das empresas em situação económica difícil;
  • Gerir os imóveis que integram o património imobiliário da Segurança Social;
  • Elaborar e acompanhar a execução do Orçamento da Segurança Social e produzir a Conta da Segurança Social, que integram o Orçamento de Estado e a Conta Geral do Estado;
  • Desempenhar as funções de tesouraria única do sistema de Segurança Social, na vertente de recebimento e pagamento direto a beneficiários, bem como de abastecimento financeiro diário às suas instituições e serviços, garantindo em simultâneo a rendibilização de fundos;
  • Verificar, acompanhar, avaliar e informar, nos domínios orçamental, económico e patrimonial, as atividades dos organismos que integram o sistema de Segurança Social.

Para melhor concretizar a sua missão, o instituto adota mecanismos de gestão reconhecidos como boas práticas, cujos resultados são orientados sobretudo para a satisfação das necessidades dos clientes, indo ao encontro da visão de “ser uma referência na excelência e sustentabilidade do serviço público”.

Ofertas

OE202201-02521 – 1 Técnico Superior para o DGF-DGF-NGFP – área económica e de gestão – Lisboa

Abertura de procedimento concursal com vista ao provimento de cargo de direção intermédia de 2.º grau – coordenador do Núcleo de Contratação Pública da Direção de Administração e Infraestruturas, integrada no Departamento de Gestão e Administração.

Nos termos do artigo 21.º da Lei n.º 2/2004, de 15/01, na sua atual redação, faz-se público que, se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis, a contar do 1.º dia de publicitação na Bolsa de Emprego Público (BEP), procedimento concursal de seleção com vista ao recrutamento de titular de cargo de direção intermédia de 2.º grau, de Coordenador do Núcleo de Contratação Pública da Direção de Administração e Infraestruturas, integrada no Departamento de Gestão e Administração, do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I. P..

OE202201-0218 – 1 Técnico Superior para a DRH – Lisboa

Funções

  • Identificar de acordo com as normas e procedimentos internos, as necessidades de formação dos colaboradores, utilizando diversas técnicas, como o envio de questionários às chefias;
  • Elaborar anualmente o Plano de Formação, tendo em conta as necessidades detetadas, programar e implementar as ações em que os colaboradores deverão participar, colaborar nas reuniões prévias e posteriores à fase de levantamento de necessidades;
  • Contactar as entidades formadoras, tendo por base o Plano de Formação previamente aprovado, para realização de várias atividades que incluem, entre outras, marcação de reuniões, discussão de propostas e seleção dos fornecedores que assegurarão as atividades formativas, tendo em vista promover a adequada qualificação profissional dos Colaboradores do Instituto;
  • Controlar o processo da avaliação do retorno da eficácia da formação, solicitar às Unidades Orgânicas a pronúncia sobre a eficácia da ação formativa, elaborar relatórios de avaliação do retorno da formação, com o objetivo de aferir o grau de eficácia das mesmas, controlar a taxa de resposta para BSC;
  • Assegurar os meios logísticos e suportes didáticos necessários para a realização das ações de formação;
  • Elaborar relatórios mensais relativos à formação realizada, com vista à definição de alguns indicadores, como por exemplo: taxa de frequência e custos associados à realização de toda a atividade formativa, por forma a controlar os investimentos;
  • Gerir o Orçamento da formação, tendo em vista o estabelecimento das necessidades formativas.

Mais informações e candidaturas [AQUI]

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre E2

O E2 Emprego e Estágios é um dos maiores portais de emprego em Portugal. Agrupamos e partilhamos as várias ofertas de emprego e estágios disponibilizadas por várias empresas em Portugal e no estrangeiro nas mais diversas áreas.

Veja também

Kroll

Kroll está a recrutar em Portugal

A Kroll é uma empresa multinacional de referência que fornece dados proprietários, tecnologia e insights. ...