Liga Portuguesa Contra o Cancro

Liga Portuguesa Contra o Cancro está a recrutar Técnico de Voluntariado

A Liga Portuguesa Contra o Cancro assume-se como uma entidade de referência nacional no apoio ao doente oncológico e família, na promoção da saúde, na prevenção do cancro e no estímulo à formação e investigação em oncologia.

A história da Liga Portuguesa Contra o Cancro cruza-se com o desenvolvimento da sociedade, em particular com as profundas alterações introduzidas pela Revolução Industrial. No final do século XIX, constatou-se, a nível mundial um incremento do absentismo nas empresas, provocado por um conjunto de doenças, entre as quais o Cancro. Por todo o mundo ocidental encetou-se a criação de estruturas de luta contra esta doença, que para além da sua elevada taxa de mortalidade, passou a representar um estigma para os doentes, representando mesmo um flagelo social.

Em Portugal, em 1923, e por iniciativa do Prof. Doutor Francisco Gentil, é criado o Instituto Português para o estudo do cancro, com legislação criada por António Sérgio. O primeiro pavilhão do Instituto Português de Oncologia é inaugurado em 1927 em Lisboa.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro é uma Organização não Governamental, sem fins lucrativos, declarada de Utilidade Pública e isenta da IRC, habilitada a receber donativos de particulares e empresas, os quais, mediante o recibo emitido pela Liga, terão enquadramento fiscal em sede de IRS e IRC, respectivamente.

Não recebendo quaisquer subsídios estatais para o desenvolvimento das suas actividades e programas, os donativos concedidos à LPCC, sobretudo pela altura do peditório anual, são o garante financeiro para o desenvolvimento das actividades de prevenção primária e secundária do cancro, de apoio à formação e investigação em oncologia e de apoio social ao doente oncológico e familiares.

Oferta – Técnico de Voluntariado – Região Centro (Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu)

A Unidade de Voluntariado tem por competências o suporte às políticas da Instituição nas questões fundamentais do voluntariado, nomeadamente a promoção, dinamização e acompanhamento de projetos de voluntariado, tendo em vista a aproximação entre o doente, a Instituição e a comunidade).

Atividades a desenvolver

  • Integrar uma equipa multidisciplinar que promove, estrutura e gere projetos de voluntariado em oncologia;
  • Estruturar, organizar e implementar ações de recrutamento, seleção e formação de voluntários;
  • Acompanhar as ações e projetos de voluntariado e articular com entidades e/ou agentes envolvidos (trabalho em rede).

Requisitos

  • Licenciatura em Psicologia, Ciências da Educação, Educação Social ou Animação Socioeducativa;
  • Capacidade para trabalhar em equipas multidisciplinares; adaptar-se às diferenças individuais e socioculturais das diferentes comunidades; comunicar de forma clara, precisa, persuasiva e assertiva, com completo domínio oral e escrito da língua portuguesa e domínio do inglês; estabelecer com doentes oncológicos e voluntários relações interpessoais empáticas e baseadas nos princípios da humanização e da solidariedade;
  • Capacidade para observar e gerir conflitos e motivar voluntários; estabilidade emocional e autocontrolo; espírito de iniciativa e autonomia; resistência ao stress;
  • Flexibilidade para exercer funções em horário pós-laboral e durante o fim de semana;
  • Disponibilidade para se deslocar na área de atuação da Instituição, no mínimo, uma vez por semana (as atividades serão desenvolvidas nos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu);
  • Conhecimentos básicos na área da saúde, preferencialmente na área da oncologia;
  • Domínio das ferramentas de informática.

Contrato de trabalho e avaliação

  • Contrato de 12 meses (40h semanais), renovável por igual período, com perspetiva de integração no quadro funcional consoante avaliação contínua do desempenho (período experimental de 30 dias).

Oferece-se

  • Integração numa equipa jovem e dinâmica, numa Instituição com relevante impacto social;
  • Experiência de enriquecimento pessoal e profissional pela oportunidade em lidar com pessoas com diferentes percursos de vida e motivações para o voluntariado;
  • Remuneração adequada à função a desempenhar;
  • Formação inicial (de integração) e contínua;
  • Seguro de saúde;
  • Deslocações a efetuar em viatura de serviço.

Mais informações e candidaturas [AQUI]

Empregos e estágios perto de si

O E2 Emprego e Estágios não tem qualquer afilição com as empresas/entidades a que se referem as ofertas. As imagens/logótipos presentes nas ofertas são propriedade das mesmas.

Veja também

ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões

ASF está a recrutar Coordenador de Contratação Pública

A ASF, Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, é a entidade responsável …