Metro do Porto
Imagem/Foto

Metro do Porto está a recrutar Técnico de Planeamento e Controlo de Custos

O Metro do Porto é uma das maiores redes de metropolitano ligeiro da Europa. A empresa foi criada em 1994 e desde logo deu início à preparação do concurso para o lançamento da maior obra de metropolitano construída de uma só vez. Entre 2002 e 2011, a sua rede esteve sempre em crescimento.

A sua missão é planear, conceber, construir, equipar e explorar um Sistema de Metro Ligeiro na Área Metropolitana do Porto, em regime de concessão atribuída pelo Estado. Concilia as necessidades de mobilidade com os deveres de segurança, respeito pelo ambiente e responsabilidade social.

O conceito de mobilidade refere-se à preocupação que o Metro do Porto tem com os cidadãos portadores de deficiência, idosos, crianças, grávidas, adultos com crianças pequenas, pessoas temporariamente incapacitadas fisicamente e pessoas com bagagens e compras.

A frota do Metro do Porto integra 102 unidades, com capacidade para transportar até 9 mil pessoas por hora e por sentido, nos períodos de maior procura. O Metro, movido a electricidade e, por isso, não poluente, pode atingir uma velocidade máxima de 80 quilómetros/hora. É ainda extremamente silencioso quando comparado com o transporte convencional, contribuindo para diminuir os níveis de poluição sonora.

Inspirado nos modelos fabricados pela Bombardier (ex-Adtranz) para Estrasburgo e Milão, o Eurotram do Porto resulta de uma evolução desses veículos, com algumas inovações importantes.

Oferta – Técnico de Planeamento e Controlo de Custos – Porto

A Metro do Porto pretende recrutar um Técnico de Planeamento e Controlo de Custos para reforçar a sua equipa de gestão das empreitadas de construção das linhas da expansão da rede da empresa. Este profissional será responsável pela monitorização dos planos de trabalho e controlo das quantidades e custos dos contratos das empreitadas.

Responsabilidades

  • Análise e emissão de pareceres sobre os planos de trabalho apresentados;
  • Balizamento dos planos de trabalho em vigor, com análise de desvios e caminhos críticos e sugestão de medidas de recuperação de eventuais desvios;
  • Monitorizar a elaboração dos autos de medição e acompanhamento do plano de pagamentos;
  • Verificar os cálculos de revisões de preços;
  • Colaborar na emissão de pareceres relativos a trabalhos complementares, analisando quantidades de trabalho e preços novos apresentados;
  • Elaboração e acompanhamento de indicadores quantitativos e qualitativos de desempenho dos contratos;
  • Elaboração de relatórios mensais de progresso dos contratos ao nível de prazo e custos.

Requisitos

  • Licenciado em Engenharia (Civil preferencial);
  • Experiência profissional mínima: 3 anos;
  • Experiência anterior em obras ferroviárias (preferencial);
  • Conhecimentos de estruturas de orçamentos e composição de preços unitários;
  • Capacidade para trabalhar em equipa;
  • Bom domínio e experiência em ferramentas Microsoft: MS Project, Word, Excel, bem como AutoCad;
  • Capacidade de organização, autonomia e iniciativa;
  • Disponível para flexibilidade de horários, incluindo deslocações regulares às obras.

Mais informações e candidaturas [AQUI]

Empregos e estágios perto de si

O E2 Emprego e Estágios não tem qualquer afilição com as empresas/entidades a que se referem as ofertas. As imagens/logótipos presentes nas ofertas são propriedade das mesmas.

Veja também

REN

REN está a recrutar Técnico Superior para o Centro de Supervisão e Telecontrolo

A REN – Redes Energéticas Nacionais é a empresa que, em Portugal, gere as principais …