Recrutar mais polícias «é uma emergência»

O Secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, afirmou que é «imperioso levar por diante um plano plurianual de admissões nas forças e serviços de segurança», para rejuvenescer os quadros policiais e garantir os seus níveis de «prontidão e eficácia operacional».

«Mais do que uma prioridade», esse plano deve ser entendido como «uma emergência», sublinhou Antero Luís na cerimónia do 136.º aniversário do Comando Distrital de Castelo Branco da PSP.

O Secretário de Estado evocou a realidade etária do efetivo policial de Castelo Branco para fundamentar a referida necessidade: mais de 90% dos cerca de 230 agentes têm entre 40 e 59 anos.

«Numa perspetiva otimista trata-se de um efetivo caracterizado pela sua grande experiência», disse Antero Luís, «mas sejamos francos: é urgente rejuvenescer a força sob pena de num futuro muito próximo se tornar um grave problema de segurança interna».


Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

error: