APA Agência Portuguesa do Ambiente

Agência Portuguesa do Ambiente está a recrutar para a Administração da Região Hidrográfica do Tejo e Oeste

A Agência Portuguesa do Ambiente, APA, é um instituto público integrado na administração indireta do Estado, com tutela do Ministério do Ambiente e da Ação Climática e dotado de autonomia administrativa e financeira e património próprio.

A Agência Portuguesa do Ambiente resulta da fusão, em 2012, da Agência Portuguesa do Ambiente, do Instituto da Água, das 5 Administrações de Região Hidrográfica, da Comissão para as Alterações Climáticas, da Comissão de Acompanhamento da Gestão de Resíduos e da Comissão de Planeamento de Emergência do Ambiente.

A APA tem sede na Amadora e 5 Administrações de Região Hidrográfica (ARH) desconcentradas no território de Portugal Continental: ARH do Norte, ARH do Centro, ARH do Tejo e Oeste, ARH do Alentejo e ARH do Algarve.

A APA tem competências de monitorização, planeamento e avaliação, licenciamento e fiscalização, sendo por isso o principal regulador ambiental em Portugal.

O processo de transição ecológica que o presente nos impõe, com os seus cruciais desafios da sustentabilidade, exige a alteração de formas de consumir e de produzir, de evoluir para um novo modelo económico compatível com os limites dos sistemas naturais; essa crítica ambição só pode afirmar-se com o envolvimento de todos e uma participação ativa, sem subterfúgios, nessas dinâmicas de transformação.

Oferta – OE202305/0333 – Técnico Superior (3 vagas) – Lisboa

Caracterização do Posto de Trabalho

  • Assegurar a análise e elaboração de propostas de resposta a pedidos de informação prévia e de título de utilização dos recursos hídricos (TURH) através do Sistema Integrado do Licenciamento Ambiental (SILiAmb), relativamente a construções em domínio hídrico, captações de águas superficiais e subterrâneas e de situações de rejeições de águas residuais, apresentando superiormente propostas para emissão da TURH;
  • Assegurar a resposta a pedidos de parecer na área do domínio hídrico, nos termos do regime jurídico da urbanização e da edificação (RJUE), do regime jurídico da REN (RJREN) e do regime jurídico da avaliação de impacto ambiental (RJAIA);
  • Assegurar a resposta a pedidos de parecer relativos às águas subterrâneas no âmbito do Novo Regime da Atividade Pecuária (NREAP) e do regime geral de gestão de resíduos (RGGR);
  • Analisar as pretensões e assegurar a elaboração de pareceres no âmbito do Novo Regime da Atividade Pecuária (NREAP) e das Operações de Gestão de Resíduos (OGR);
  • Assegurar a análise de projetos de requalificação de linhas de água e reabilitação de galerias ripícolas com recurso a técnicas de engenharia natural e à utilização de espécies vegetais autóctones de forma a promover a biodiversidade e equilíbrio dos ecossistemas ribeirinhos;
  • Assegurar a fiscalização através da verificação do cumprimento das condições referidas nos TURH e das pressões relacionadas com a poluição de recursos hídricos;
  • Aplicar métodos e processos de natureza técnica que fundamentem e preparem a tomada de decisão;
  • Executar outras atividades de apoio especializado nas áreas operativas do Serviço;
  • Representar o órgão ou serviço em assuntos de sua especialidade, tomando opções de índole técnica, enquadradas por diretivas ou orientações superiores.

Habilitação Literária

  • Licenciatura nas áreas da Química, Ambiente, Recursos Hídricos, Biologia, Agrária, Civil.

Mais informações e candidaturas [AQUI]

Empregos e estágios perto de si

O E2 Emprego e Estágios não tem qualquer afilição com as empresas/entidades a que se referem as ofertas. As imagens/logótipos presentes nas ofertas são propriedade das mesmas.

Veja também

Património Cultural

Património Cultural está a recrutar na área da Contratação Pública

O Património Cultural I.P. é responsável pela gestão do Património Cultural em Portugal Continental. As …