Câmara Municipal de Guimarães

Câmara Municipal de Guimarães está a recrutar em várias áreas

A Câmara Municipal de Guimarães é o órgão autárquico deste concelho e tem por missão definir e executar políticas tendo em vista a defesa dos interesses e satisfação das necessidades da população local.

Guimarães, cidade histórica de origem medieval, sede de município, tem as suas raízes no século X, e é conhecida por “Berço da Nação” ou “Cidade Berço”, pelo seu papel crucial na formação de Portugal, por aqui ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique e pelo facto do seu filho, D. Afonso Henriques, o primeiro Rei Português, aqui poder ter nascido.

O seu Centro Histórico está classificado como Património da Humanidade pela UNESCO, e é um dos centros medievais mais bem preservados do País, onde o tempo parece realmente ter dado tréguas e magicamente parado.

É uma cidade portuguesa situada no distrito de Braga, região do Norte e sub-região do Ave e ainda à antiga província do Minho, com uma população de 54 097 habitantes, repartidos por uma malha urbana de 23,5 km², em 20 freguesias e com uma densidade populacional de 2223,9 hab./km².

Ofertas – Câmara Municipal de Guimarães

Técnico de Eficiência Energética – Guimarães

Caracterização do posto de trabalho

  • Assegura medidas e ações que proporcionem melhorias ao nível da eficiência energética;
  • Monitoriza os consumos energéticos e propõe medidas de eficiência;
  • Promove a instalação de equipamentos de produção de energia através de fontes renováveis;
  • Promove e realiza auditorias e certificação energética de edifícios municipais;
  • Participa na organização e divulgação de boas práticas na área da gestão eficiente de energia;
  • Colabora com outros serviços na definição de soluções inovadoras a aplicar nos edifícios ou outro património municipal, no sentido da redução efetiva das emissões de CO(índice 2) e redução de custos energéticos;
  • Promove a manutenção de sistemas elétricos e eletromecânicos existentes nas infraestruturas, edifícios e equipamentos municipais;
  • Assegura, diretamente ou através das concessionárias, a manutenção das infraestruturas de iluminação pública;
  • Assegura a articulação permanente com os operadores de sistemas de energia com vista à coordenação dos respetivos trabalhos de infraestruturação no território concelhio;
  • Elabora estudos, projetos, análises económicas e atividades conducentes à definição e concretização das politicas do município nas áreas: estudos de impacto ambiental e avaliação ambiental estratégica, ferramentas de gestão ambiental, interpretação e aplicação de imposições legislativas a nível do ambiente, cálculo, atualização e reporte, em diferentes plataformas, das emissões de GEE no território e cálculo da matriz energética e sua evolução;
  • Desenvolve planos de ação tendentes à concretização das metas municipais em termos ambientais;
  • Desenvolve e organiza bases de dados e relatórios das emissões de GEE do território do município e da respetiva matriz energética;
  • Organiza, com recurso a sistemas de informação geográfica, e faz a gestão dos consumos energéticos do património municipal e da rede de iluminação pública;
  • Garante o funcionamento dos projetos concebidos e/ou desenvolvidos no âmbito da unidade orgânica; pode coordenar equipas de trabalho;
  • Emite pareceres e informações no âmbito da sua área de intervenção;
  • Colabora na organização de processos de candidatura a financiamentos comunitários, da administração central ou outros;
  • Elabora cadernos de encargos, memórias descritivas e especificações para concursos públicos ou adjudicações na área de atividade;
  • Pode ser designado gestor de contrato, no âmbito do Código dos Contratos Públicos;
  • Garante o cumprimento das atribuições que lhe forem delegadas ou subdelegadas, nos termos da legislação em vigor;
  • Contribui para a transmissão de conhecimentos específicos da sua área de atividade, em contexto de trabalho ou de formação profissional interna (a colegas, a novos colaboradores, a estagiários, etc.);
  • Pode realizar outras atividades, não especificadas anteriormente, de igual complexidade funcional, necessárias à prossecução dos objetivos e bom funcionamento do serviço e do município.

Nível habilitacional

  • Licenciatura ou grau académico superior na área de Gestão Ambiental/Eficiência Energética, cuja área de educação e formação académica corresponde à identificada na Classificação Nacional de Áreas de Educação e Formação (CNAEF), 851 – Tecnologia de Proteção do Ambiente.

Mais informaçoes e candidaturas [AQUI]

Técnico de Proteção Civil – Guimarães

Caracterização do posto de trabalho

  • Faz o levantamento dos riscos coletivos;
  • Identifica, caracteriza e avalia os riscos, bem como as vulnerabilidades em situações de risco;
  • Promove ações de prevenção dos riscos coletivos;
  • Faz a previsão e o planeamento das ações atinentes à eventualidade de áreas afetadas por riscos no território municipal;
  • Inventaria os recursos e meios disponíveis e os mais facilmente mobilizáveis;
  • Presta informação e dá formação às populações no âmbito da sensibilização em matéria de autoproteção e colaboração com as autoridades;
  • Faz o planeamento de soluções de emergência;
  • Elabora e organiza exercícios de proteção civil;
  • Efetua a gestão de operações em situação de emergência;
  • Intervém em situações que requerem um conhecimento especializado e multidisciplinar;
  • Comunica com a população e com outros intervenientes em situação de emergência;
  • Lidera equipas de operações;
  • Planeia e organiza ações de simulacro;
  • Participa em ações de simulacro de entidades externas;
  • Elabora o Plano Municipal de Emergência;
  • Executa planos, estudos e relatórios;
  • Pode coordenar equipas de trabalho;
  • Elabora cadernos de encargos, memórias descritivas e especificações para concursos públicos ou adjudicações na área de atividade;
  • Pode ser designado gestor de contrato, no âmbito do Código dos Contratos Públicos;
  • Colabora na organização de processos de candidatura a financiamentos comunitários, da administração central ou outros;
  • Garante o cumprimento das atribuições que lhe forem delegadas ou subdelegadas, nos termos da legislação em vigor;
  • Contribui para a transmissão de conhecimentos específicos da sua área de atividade, em contexto de trabalho ou de formação profissional interna (a colegas, a novos colaboradores, a estagiários, etc.);
  • Pode realizar outras atividades, não especificadas anteriormente, de igual complexidade funcional, necessárias à prossecução dos objetivos e bom funcionamento do serviço e do Município.

Nível habilitacional

  • Licenciatura ou grau académico superior na área de Proteção Civil, cuja área de educação e formação académica corresponde à identificada na Classificação Nacional de Áreas de Educação e Formação (CNAEF), 861 – Proteção de Pessoas e Bens ou 443 – Ciências da Terra.

Mais informaçoes e candidaturas [AQUI]

Empregos e estágios perto de si

O E2 Emprego e Estágios não tem qualquer afilição com as empresas/entidades a que se referem as ofertas. As imagens/logótipos presentes nas ofertas são propriedade das mesmas.

Veja também

portway

Portway está a recrutar Técnico de Planeamento Central

A portway handling de portugal s.a é uma empresa de assistência em escala presente nos …