10 erros a evitar no seu CV

Ter um currículo bem feito é uma peça fundamental no processo de encontrar emprego. Na maior parte dos casos, é o primeiro contacto que o recrutador tem com o candidato, por isso é importante causar boa impressão.

1. Currículo muito longo

Quem está a recrutar pessoas para um emprego, normalmente, tem pouco tempo para ler documentos longos. Por isso, deve evitar quebrar uma regra de ouro: mais do que duas páginas de currículo. Se a experiência profissional é longa, deve usar o poder de síntese da informação.

2. Muita poluição visual

Aplique a máxima “menos é mais”. Evite utilizar bonecos ou outros “artefactos” para embelezar o currículo, na tentativa de chamar à atenção. Utilize fontes clássicas, como o “Arial” ou “Times New Roman”, num tamanho de fácil leitura, como o 12 para o corpo de texto e 14 para títulos. Não utilize muitas cores. Poderá, no entanto, utilizar estilos diferentes, como o “negrito” ou o “sublinhado”, para destacar algo para a função para qual se está a candidatar.

3. Ter fotografia

Não insira uma fotografia no currículo, a menos que o anúncio de emprego assim o peça. As fotografias ocupam demasiado espaço, tornam o documento pesado, além de que, se for mal inserida, pode dar um aspeto amador ao currículo e estragar todo o trabalho. Em contrapartida, deverá colocar um link para o seu perfil do Linkedin.

4. Informações pessoais desatualizadas

Ter um número de telefone com um dígito errado ou um endereço de correio eletrónico com uma letra a menos é um erro fatal no currículo, uma vez que dificulta o contacto com o candidato quando aparecer uma oportunidade.

5. Erros ortográficos

Alguns erros simples, como ortográficos ou gramáticos, dão um aspeto desleixado e podem sugerir que dá pouca atenção aos detalhes. Antes de enviar o currículo é importante lê-lo uma última vez e dá-lo a alguém para analisar.

6. Listar tudo o que já fez

O currículo não é o local certo para expor todas as experiências profissionais que já teve. Pode escolher as mais importantes, no entanto, o grosso do conteúdo deve conter experiência profissional que possa ser relevante para o cargo para o qual se está a candidatar.

7. Ter lacunas temporais no currículo

Ao descrever as suas experiências profissionais é importante não deixar nenhum período a descoberto. Se a experiência profissional apenas exemplificar o que fez durante o período 2005 – 2010 e só voltar a colocar atividade profissional em 2013, o recrutador pode questionar-se sobre o que andou a fazer nesse tempo e desinteressar-se. Se esteve um período desempregado deverá tornar essa lacuna temporal em algo que possa despertar a atenção. É preferível que ressalve os cursos que fez, as experiências que teve e como isso o ajudou a amadurecer as algumas características profissionais que podem ser uteis, do que ter uma lacuna temporal.

8. Escrever muito, dizer pouco

Os recrutadores e futuros empregadores não procuram que explique tudo o que já fez de forma detalhada, mas antes que descreva as funções exercidas de forma a despertar a atenção e destacando alguns elementos importantes.

9. Utilizar clichés

“Sou muito comunicativo”, “trabalho bem equipa” ou “o meu ‘hobby’ preferido é ir ao cinema”. Tudo isto são frases muito ouvidas, e lidas, pelos recrutadores e que soam a artificial. Se realmente tem algumas destas qualidades, estas devem ser exemplificadas através de casos práticos, como trabalhos que desempenhou ou cursos que já fez, que possam traduzir as palavras por atos.

10. Não chamar à atenção no email

Hoje em dia, na maior parte dos casos, os currículos são enviados por correio eletrónico, por isso, o “assunto” do email é muito importante para chamar à atenção do recrutador. Nunca deixar este espaço em branco e deixar claro que é um currículo que está a enviar. Outro aspeto importante é a saudação: se souber o nome da pessoa em questão é preferível do que recorrer a um impessoal “caro” ou “excelentíssimo”. O corpo do email também deve conter alguma informação, em vez de ter apenas a frase “envio o meu currículo em anexo”. Escreva uma pequena introdução sobre si personalizada para a empresa ou para o cargo, que não deve ter mais do que duas linhas.

Fonte: Saldo Positivo

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre Equipa E2

Veja também

resolucoes novo ano

As 10 resoluções mais comuns na entrada de um novo ano

Eis-nos naquele momento formato “campanha eleitoral”. Do alto do nosso imaginário palanque, com um copo ...

error: