Aluguer de veículos para empresas e trabalhadores independentes, uma opção popular

A mudança de paradigma no mercado automóvel levou à popularização de alternativas à compra de um veículo. Preços cada vez mais altos, impostos e restrições de tráfego crescentes, e tecnologia que avança a um ritmo cada vez mais rápido e que leva à obsolescência precoce da tecnologia automóvel, tornam a compra de um veículo uma opção menos pragmática e menos atraente para o público em geral, e especialmente para os trabalhadores independentes e empresas.

A utilização do renting de carros e automóveis para empresas tem-se tornado cada vez mais popular entre os trabalhadores independentes e as PMEs. Abaixo, dizemos-lhe porque é que cada vez mais utilizadores se voltam para este serviço.

O que é o leasing?

Para compreender porque é um serviço tão popular, temos primeiro de compreender o que é e como funciona o leasing. Consiste em alugar um automóvel ou outro tipo de veículo, o que pode ser feito a médio e longo prazo, geralmente por períodos entre 24 e 48 meses, embora exista a possibilidade de optar por um aluguer flexível, em que o cliente pode ficar com o veículo sem permanência por um período mais curto, e devolvê-lo assim que a sua necessidade tenha terminado ou trocá-lo por outro tipo ou modelo de veículo.

Porquê escolher o leasing?

Para empresas e trabalhadores independentes, a compra de um veículo pode não ser a opção mais prática. Não só devido ao dispêndio de dinheiro envolvido na compra, mas também devido à quantidade de papelada que deve ser realizada no que diz respeito à propriedade, impostos, etc.

Além disso, as necessidades de uma empresa, especialmente se se tratar de uma PME em expansão, podem mudar rapidamente. Isto significaria que o veículo originalmente adquirido deixaria de ser útil, porque precisamos de um maior ou de um com outras características.

Tudo isto faz do aluguer o mais prático e benéfico para uma empresa ou para um trabalhador independente.

Que vantagens oferece?

Ao pagar prestações mensais, não só poderá aceder a veículos de diferentes gamas, mas esta prestação inclui também outros serviços complementares e necessários para a manutenção do veículo, tais como mudança de pneus, seguros e reparações que possam surgir. Com o pagamento de uma única prestação, tudo relacionado com a manutenção e circulação do veículo será incluído, poupando-lhe tempo, dinheiro e esforço.

Por outro lado, especialmente para empresas e trabalhadores independentes, o aluguer permite-nos mudar de veículo de acordo com as necessidades do nosso negócio, sem ter de fazer um grande investimento na sua aquisição, especialmente se escolhermos a modalidade de aluguer flexível. Além disso, existem certas vantagens fiscais ao aluguer: a taxa de aluguer é dedutível nos impostos desde que se possa demonstrar que o veículo é para uso profissional. Também é possível deduzir até 100% do IVA, ou 50% se a utilização do veículo for combinada, o que aumenta a poupança do serviço de leasing.

Tipos de leasing

Sejam quais forem as nossas necessidades, é necessário dedicar algum tempo, antes de contratar os serviços, para estudar bem que tipos de leasing existem e quais podem ser mais adequados às nossas necessidades de utilização e aluguer do veículo.

Aluguer flexível

Este tipo de arrendamento tende a ser o mais popular entre os trabalhadores independentes e as empresas. É um tipo de leasing em que o cliente pode decidir rescindir o contrato sem incorrer numa penalização financeira. O leasing tradicional estabelece critérios que afectam a empresa que vai utilizar o veículo, tais como, por exemplo, a proibição de modificar o período de tempo estipulado no contrato e, em caso de necessidade de mudar o veículo antes do tempo acordado, o cliente será penalizado financeiramente.

Com o leasing flexível, o cliente é livre de cancelar o seu contrato em qualquer altura se assim o desejar, sem qualquer penalização financeira.

Os contratos de leasing flexíveis permitem-lhe, portanto, mudar de veículo rápida e facilmente. Se as necessidades da empresa mudarem, podem rescindir o contrato de leasing flexível, devolver o veículo ou trocar o tipo de veículo por outro.

No caso de empresas e freelancers, os contratos de leasing flexíveis permitem-lhes adaptar os seus veículos de trabalho ao ritmo do seu negócio, razão pela qual este é um serviço muito popular.

Locação fixa

Com o leasing fixo, as prestações de aluguer são fixadas no contrato com antecedência, de modo que a estabilidade da prestação lhe permitirá, especialmente se for trabalhador independente, uma previsão e um controlo muito mais precisos das despesas da sua PME. Com este tipo de leasing, controlar a economia é muito mais fácil.

No entanto, deve ter em conta que o aluguer fixo requer um compromisso a médio/longo prazo, e não será possível mudar de veículo após um curto período de tempo. No entanto, oferecem geralmente a vantagem de preços muito competitivos. Em geral, o aluguer fixo é concebido para empresas cuja actividade e necessidades de mobilidade são muito mais previsíveis e estabilizadas.

Leasing

Um contrato de leasing permite-lhe comprar o veículo no final do período de aluguer, ao contrário do aluguer, que não lhe dá a opção de compra. Em qualquer caso, a compra nunca será obrigatória porque depende das preferências do cliente.

Se o cliente finalmente decidir comprá-lo, terá de pagar o valor residual do veículo. Além disso, os contratos de leasing não incluem normalmente no pagamento mensal outros serviços complementares mencionados acima que estão incluídos no leasing. Em geral, não é o tipo de arrendamento mais atractivo para uma empresa, mas é interessante de considerar.

Como escolher o melhor para si?

Se é trabalhador independente ou se planeia alugar um veículo para a sua empresa, a escolha do tipo de contrato dependerá de vários factores.

Em primeiro lugar, a utilização a que o veículo será submetido. A escolha do tipo de contrato de leasing dependerá essencialmente das necessidades que tiver em relação ao veículo. Isto está intimamente relacionado com a dimensão da sua empresa e com os serviços que oferece. O crescimento esperado da empresa deve ser considerado, uma vez que isto pode afectar as suas necessidades de leasing.

Por outro lado, o orçamento disponível, sem dúvida, é outro factor determinante. Deve ter isto em mente ao escolher o tipo de contrato que melhor se adequa às suas possibilidades.

Empregos e estágios perto de si [Ver ofertas]

Veja também

Como renovar os quartos da nossa casa com alguns truques simples

Com cada mudança de estação ou o fim de uma era, tal como gostamos de …