IEFP

Desemprego regista o valor mais baixo de sempre no mês de junho

O desemprego registado pelo IEFP, Instituto do Emprego e Formação Profissional, em junho, desceu em todas as comparações, quer em cadeia, quer em termos homólogos, quer face ao último mês de maio pré-pandemia.

Assim, registaram-se menos 13 941 pessoas desempregadas, uma diminuição de -4,7% relativamente ao mês anterior, e menos 95 419 pessoas desempregadas face a junho de 2021 (-25,3%). Quando comparado com junho de 2019, em situação pré-pandémica, a diminuição foi de -5,3% (-15 738 pessoas).

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego desceu em todas as comparações em junho, recuando mais de 25% face ao mesmo mês do ano passado, para 282.453, mostram as estatísticas mensais do IEFP. Segundo o Ministério do Trabalho, “é o valor mais baixo de sempre”.

O desemprego jovem (pessoas com menos de 25 anos) regista nova diminuição em cadeia de menos 6,3% em junho (-1 882 jovens) e uma diminuição de -32,2% (-13 188 jovens) face ao período homólogo.

Entre maio e junho, o desemprego registado diminuiu em cadeia em todas as regiões do País. Em termos homólogos também se verificaram descidas em todo o País, com destaque para a redução de -51,2% na região do Algarve (-10 248 pessoas).

A nível setorial, registaram-se descidas em todos os grandes setores de atividades. O desemprego oriundo do alojamento, restauração e similares diminuiu -7,3% (-1 676 pessoas) entre maio e junho, setor que regista agora uma descida de -40,5% em termos homólogos (-14 607 pessoas).

Em junho, havia 137 561 desempregados de longa duração: registou-se nova diminuição de -5,5% entre maio e junho de 2022 (-8 081 pessoas), estando agora -22,8% abaixo do nível registado em junho de 2021 (-40 664 pessoas).

Empregos e estágios perto de si

Veja também

Nestlé

Recursos Humanos da Nestlé apostam na integração da diversidade como vantagem competitiva

A diversidade e a inclusão há muito que fazem parte da cultura e dos valores …