Mulheres continuam a encontrar mais obstáculos à progressão na carreira

As mulheres continuam a encontrar mais obstáculos à progressão na carreira e a igualdade de género em lugares de topo ainda não é uma realidade, alerta um estudo da consultora Mercer.

O estudo analisou dados sobre o mundo laboral e inquiriu pessoas, incluindo 680 mil mulheres, em 28 países, com o objetivo de identificar como é que as organizações podem efetivamente promover a igualdade de género no trabalho.

Em economias fortes, como as de Estados Unidos e Canadá, “apenas um quarto das mulheres” deverá desempenhar funções executivas em 2024, uma situação idêntica à de hoje. Já nos países em desenvolvimento, a representação feminina deverá crescer “mais rapidamente”, compara o estudo.

O estudo reconhece que as iniciativas para promover a igualdade de género adotadas nas últimas duas décadas “tiveram resultados positivos”, nomeadamente promovendo uma maior visibilidade e uma maior participação das mulheres.

Porém, em “apenas pouco mais de metade” das organizações inquiridas, os líderes executivos seniores são envolvidos em programas de diversidade e inclusão.

Fonte: DN

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre Equipa E2

Veja também

Governo

Governo abre concurso com 140 milhões de euros para ações de formação destinadas a pessoas com ou sem emprego

Está aberto até ao final de agosto um concurso para ações de formação destinadas a ...

error: