financiamento

Financiamento para projetos pessoais: que tipos de créditos tem ao seu alcance?

À semelhança do que acontece quando queremos construir uma habitação própria, os nossos projetos pessoais estão, não raras vezes, dependentes de um financiamento. Seja o lançamento de um negócio, o prosseguimento dos estudos ou até a concretização da viagem dos nossos sonhos são projetos que, como se percebe, estão dependentes do dinheiro que temos para, ou não, o concretizar.

Neste ponto, a palavra “crédito” surge como a forma mais fácil e rápida de conseguirmos o financiamento de que precisamos, mas saberá escolher aquele que se adequa às suas necessidades?

De forma a ajudá-lo a conseguir levar os seus projetos a bom porto, vamos dar-lhe conta, em detalhe, dos vários tipos de crédito existentes para que possa, assim, fazer uma escolha informada que o leve à concretização dos seus objetivos.

Tipos de créditos para o financiamento de projetos pessoais

Crédito Pessoal

Pela sua abrangência, o crédito pessoal é, por norma, o produto de crédito mais procurado. Os montantes a financiar neste género de crédito variam entre os 250 euros e podem ir até a um máximo de 75 mil euros, dinheiro que tanto pode utilizar na compra de um novo automóvel ou viagem, pagar propinas, fazer obras em casa ou iniciar um pequeno negócio.

Normalmente, o crédito pessoal apresenta taxas de juro mais baixas do que, por exemplo, as de um cartão de crédito e permitem um planeamento mais rigoroso do seu orçamento dado que o reembolso do financiamento é pré-programado e pode ser diluído até um máximo de 84 meses.

Para além da abrangência da sua utilização e da possibilidade de diluir os pagamentos ao longo do tempo, o crédito pessoal é também uma solução bastante rápida graças ao processo de digitalização dos serviços financeiros dos bancos portugueses. Esse é o caso do UNIBANCO, instituição que oferece no seu site um simulador de crédito pessoal que lhe permitirá calcular os valores de mensalidade para empréstimos entre €5.000 e €75.000 cruzando-o com o prazo em que pretende fazê-lo (entre 24 e 84 meses) e as taxas de juro específicas para cada escolha.

Depois de determinar o valor e o prazo que mais lhe convém, o cliente pode prosseguir imediatamente para a sua contratualização, uma vez que o UNIBANCO já disponibiliza uma adesão totalmente digital a esta modalidade de crédito.

Para além da rapidez da adesão, das mensalidades fixas e do seguro, o crédito pessoal UNIBANCO está disponível para clientes de qualquer banco e não tem comissões de abertura.

Crowdfunding

Do mundo do crédito pessoal, passamos para uma palavra anglófona que tem ocupado cada vez mais espaço no nosso vocabulário: crowdfunding. Em termos simples, o crowdfunding é aquilo a que costumávamos chamar “angariação de fundos”, mas com a particularidade de que utiliza plataformas online especificas como o meio de chegar aos dadores.

A causa em cima da mesa no crowdfunding é, por norma, o seu projeto pessoal, seja ele a edição de um disco de música (uma das causas que mais utilizam este tipo de financiamento) ou livro, a abertura de um pequeno negócio ou uma causa social.

Créditos de Apoio Empresarial/Criação do Próprio Negócio

Neste tipo de crédito entram em cena os bancos e as suas linhas de crédito empresariais, bem como as entidades públicas com caráter institucional, estando neste lote incluídas as entidades gerentes dos fundos comunitários que, em alguns casos e mediante a concretização de certos objetivos, podem ser a fundo perdido.

No campo específico das linhas de crédito, o “fundo perdido” não se aplica e os critérios de atribuição podem variar em função da dimensão, fase do negócio, objetivo ou ainda lançamento do negócio. De notar que, nesta modalidade, o banco pode requerer a apresentação de um Plano de Negócios que comprove a rentabilidade dos investimentos.

Crédito renovável (revolving)

Apesar de ser mais utilizado nos gastos mais “corriqueiros”, este tipo de crédito pode servir, igualmente, para o lançamento de um pequeno negócio online. Como este tipo de crédito supõe, à partida, a definição do plafond que pode ser utilizado ou reutilizado, o tempo de duração do crédito será indeterminado.

Dentro do crédito renovável encontram-se:

  • O cartão de crédito;
  • A facilidade de descoberto (contrato de crédito que permite ao cliente dispor de fundos que excedam o saldo da sua conta de depósito à ordem, até um limite máximo de crédito definido no contrato);
  • A linha de crédito;
  • A conta corrente bancária.

Crédito de Apoio ao Estudo (Crédito Universitário)

Tal como o nome indica, este tipo de crédito destina-se a auxiliar estudantes universitários (Licenciaturas, Mestrados, Pós-Graduações, Cursos de Especialização Tecnológica e Programas de Mobilidade Internacional) a pagar propinas, residência e alimentação.

Por norma, esta modalidade de crédito apresenta valores de financiamento que se situam entre os 1.000 e os 25.000 euros e prazos que vão até um período máximo de 5 anos, sendo que as taxas de juro são, por norma, fixas.

É importante sublinhar que, no Crédito de Apoio ao Estudo, existe um período de carência antes de começar o reembolso do montante do empréstimo.

Veja mais ofertas de emprego e estágios na página Oportunidades

Ofertas perto de si

Sobre E2

O E2 Emprego e Estágios é um dos maiores portais de emprego em Portugal. Agrupamos e partilhamos as várias ofertas de emprego e estágios disponibilizadas por várias empresas em Portugal e no estrangeiro nas mais diversas áreas.

Veja também

Concurso externo da SRIJ para inspetor de jogos

No dia 12 de outubro de 2021, a Sociedade de Regulação e Inspeção de Jogos ...